terça-feira, 4 de setembro de 2012

Gratidão e Obediência



No passado domingo, procurámos enfatizar, através dos nossos cânticos, a GRATIDÃO a Deus pelas suas grandiosas obras em nosso favor, tendo como mote, a exortação do profeta Samuel:

“Tão-somente temei ao Senhor, e servi-o fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez. Se, porém, perseverardes em fazer o mal, perecereis...”  
(1 Samuel 12:24-25)
 
E não nos focámos apenas na gratidão e no reconhecimento por tudo o que ele nos fez, mas, também na OBEDIÊNCIA como resultado da transformação que Deus opera no nosso coração. 

Tiago (1:17) lembra-nos de que “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”. Todas as coisas boas de que usufruímos; tudo o que é bom na vida dos crentes, mas também na vida dos que não temem a Deus, é-nos generosamente oferecido pelas mãos de Deus. O sol e a chuva, a sementeira e a colheita, a família e os amigos, a natureza e os seus recursos, o perfume das flores e o sabor do mel, a fraternidade e todo o vestígio de bondade na existência humana é prova da graça e da misericórdia de Deus para com a humanidade. E por isso cantámos:
“Fonte és tu de toda a bênção;
Vem o canto me inspirar;
A misericórdia tua
Quero em alto som louvar.
Oh, ensina o novo canto
Dos remidos lá dos céus
Aos teus servos, povo santo
P’ra louvarmos-te, bom Deus.”
Versão portuguesa,  HCC 17)

Mas a maior de todas as bênçãos, o maior favor de Deus para connosco, a sua maior dádiva, foi o próprio Deus que, por amor de nós se fez homem e morreu em nosso lugar. Por isso, só podemos agradecer-lhe, cantando:
Por tudo o que tens feito,
Por tudo o que vais fazer;
Por tuas promessas e tudo o que és;
Eu quero te agradecer
Com todo o meu ser.

  Te agradeço, meu Senhor!
Te agradeço, meu Senhor!
Te agradeço por me libertar e salvar,
Por ter morrido em meu lugar,
Te agradeço, Jesus, te agradeço
Eu te agradeço, te agradeço.
(Thank you Lord, Dennis Jernigan;

Sim, de facto, Jesus é a maior bênção em nossas vidas. Ele restaura o nosso ser, devolvendo-nos à comunhão com o Pai, a qual foi quebrada pelo nosso pecado. Ao entregarmos nossa vida a ele, o Caminho a Verdade e a Vida, ele nos guarda e nos segura. Passamos a viver pela fé, na certeza de que suas promessas não falharão! E cantámos:
Minha vida te entreguei, eu preciso só de ti;
Se te procuro, sei, vou te encontrar;
Em tempos de aflição, eu sei, primeiro a ti eu vou buscar;
Eu nada sou sem ti, meu Senhor!

Jesus, eu sei, és o único Caminho p’ra mim.

Tu estás sempre a cuidar em todo o tempo e lugar;
Tua graça vem, transborda em meu ser;
Nunca mudas, meu Senhor, ontem, hoje, o mesmo amor,
P´ra sempre e sempre até não ter fim!

Vida, Caminho, Verdade és,
Vivemos pela fé em ti, Senhor,
Vivemos para ti!
Versão portuguesa: Chris Duran)

Queremos amar Jesus, viver nele, para ele e por ele cada dia das nossas vidas; meditar na sua palavra e obedecer aos seus caminhos! Lemos o Salmo 1 juntos, declarando a nossa confiança absoluta nas promessas de Deus, contidas na sua Palavra e cantámos, finalmente:  
Oh, as promessas de Deus são rocha para mim,
Verdade que me atrai;
Seu amor não tem fim, sua graça abunda em mim,
E bênçãos sempre dá.

Se eu tropeço e perco a minha fé,
Clamo por teu nome, Deus Salvador!

Em ti confiei, e não desesperei,
Na promessa que és Deus Salvador;
E, na escuridão, tua graça e teu poder
Alcançam o meu ser, Deus Salvador!

Oh, o mistério de Deus, da eternidade é Rei,
E atento a mim está;
E quão grande é seu poder, ao fraco forças dá,
Como águia vou planar!

Na aflição, na minha dor, sim, tu ouviste o meu clamor;
Perdido andei e cego fui,
Mas o teu amor me alcançou!
 

Oração: O nosso coração está grato a ti, Senhor porque tu és o Pai da luz e em ti não há sombra de mudança; toda a boa dádiva e todo o dom perfeito descem até nós vindos da tua generosidade; em ti está o manancial da vida e na tua luz vemos a luz; tu nos dás da abundância da tua graça e grandiosas obras tens feito em nosso favor. Longe de ti e estranhos à promessa, convenceste-nos da nossa condição de pecadores e atraíste-nos ao amado Jesus, em quem nos deste vida; escreveste a tua Lei em nossos corações e imprimiste em nós o desejo de te servir, obedecer e honrar; e nessa Lei que é a tua Palavra temos vida! Também derramaste sobre nós o teu Espírito e, sem merecermos, produzes em nossas vidas fruto agradável ao teu santo e bom nome; tens nos aperfeiçoado para fazermos a tua vontade e nos fazes crescer e abundar em amor. Desejamos a tua presença e queremos servir-te, fielmente, de todo o nosso coração; a ti queremos obedecer e o teu bem queremos cumprir. Amém. 
Por: Luísa Roxo Couto

Sem comentários:

Enviar um comentário

A minha foto
Praia da Vitória, Azores, Portugal
Para a glória de Deus e edificação mútua.