segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A Nossa Casa

"...para que saibas como convém andar na casa do Senhor, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade" 1 Timóteo 3:15


Verdadeiramente, sentimo-nos em casa quando nos reunimos para celebrar o nosso Pai Celestial!


As imagens usadas na Bíblia para descrever a igreja são abundantes. A igreja é comparada à família, a um edifício, a um corpo, a uma noiva, a um rebanho e a uma videira. De todas estas ilustrações podemos tirar ensinamentos profundos. Neste caso é chamada de casa.


Se a nossa casa é, por excelência, um espaço de protecção, intimidade e pertença, a igreja é o seu equivalente quando se trata da vida espiritual. 
Encontramos protecção, na medida em que nos amparamos uns pelos outros no amor de Deus; também somos ligados por um sentido de pertença ímpar, sendo que a marca que nos distingue é tão profunda quanto as feridas inflingidas a Cristo na cruz; daí que a unidade entre os irmãos não seja resultado de um esforço colectivo, nem possa jamais ser fabricada: é resultado do novo nascimento de cada pessoa em Jesus.


A par de uma vivência de igreja que ultrapasse os limites do tempo e do espaço {igeja é igreja, 24 horas por dia, 7 dias por semana, na vida de cada um dos seus membros, no seu relacionamento com Deus e no seu exercício dos dons e dos ministérios dados pelo Espírito Santo}, é essencial o encontro dos irmãos.
Não nos deixemos tentar pelo facilitismo hoje potenciado pela abundância de recursos virtuais - igrejas on-line, cultos em directo das maiores congregações do mundo, pregações poderosas no youtube e louvorzões em mp3!


A igreja é a casa do Deus vivo!
É o lugar da SUA intimidade! O lugar dos SEUS filhos... O lugar onde nascem os bebés na fé, onde se realiza o seu baptismo e se assiste ao seu crescimento, por vezes doloroso; por isso, é o lugar onde se amparam as primeiras caminhadas e se tratam as primeiras feridas; onde se preparam os vôos de fé de irmãos já fortalecidos; onde se cuidam os cansados; onde se corrige, exorta, motiva e conforta; também é o lugar onde nos despedimos daqueles que partem antes de nós para a Eternidade... É nesta verdadeira família que se registam e guardam os momentos mais significativos no álbum da nossa memória espiritual.


A nossa igreja é a nossa casa porque é a casa do nosso Deus.
Louvemos a Deus pela nossa família espiritual, aprendendo a andar nela: reconhecendo o seu valor para a nossa vida, servindo com os dons com que o Senhor nos equipou e usufruindo as bênçãos que certamente daí virão!


"Levantai as mãos, deixem brilhar!
Sendo o seu povo, proclamai
A glória do Senhor, sua graça, seu amor,
Que veio sobre vós.
(...)
LOUVAI, LOUVAI, LOUVAI!
Levantai e celebrai-o!
LOUVAI, LOUVAI, LOUVAI!
Com vossas vidas glorificai!"

Por Luísa Roxo Couto

Sem comentários:

Enviar um comentário

A minha foto
Praia da Vitória, Azores, Portugal
Para a glória de Deus e edificação mútua.